home Notícias Participação do SPM nas atividades comemorativas da Semana da Inclusão da Pessoa com Necessidades Especiais

Participação do SPM nas atividades comemorativas da Semana da Inclusão da Pessoa com Necessidades Especiais

Numa época de desenvolvimento social que exige uma constante adaptação de comportamentos, torna-se imperativo valorizar e aderir a todas as ações que envolvem as práticas e reflexões inerentes aos valores do respeito pela diversidade e pela Inclusão, geradoras de mudança de atitudes sociais. Assim, e a propósito da emblemática comemoração da Semana da Inclusão da Pessoa com Necessidades Especiais, que decorreu de 3 a 9 de dezembro, o Sindicato dos Professores da Madeira (SPM) associado ao Teatro Experimental do Funchal (TEF) apoiou na logística e na organização e divulgação do concerto “Mãos que Cantam” (06 dezembro) e do workshop “Dar voz às Mãos” (07 dezembro).


O projeto Mãos que Cantam, iniciado em 2010, criou um coro de surdos, entre os alunos da licenciatura e mestrado em Língua Gestual Portuguesa do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica, que começou por atuar em conjunto com o Coro da Universidade. Este projeto pretende demonstrar, no âmbito da responsabilidade social, que as pessoas menos capacitadas auditivamente podem fazer parte de um coro. A língua gestual, igualmente rica e complementar da linguagem musical, potencia a expressão dos sentimentos mais profundos, tornando assim cada concerto num espetáculo único. Este projeto é pioneiro a nível mundial, na integração de ouvintes e não ouvintes simultaneamente num coro.


Assim, as crianças e adolescentes que tiveram a oportunidade de participar no Workshop de dia 7 de dezembro de 2016 puderam experienciar uma atividade dinâmica, prática e intensa, pois o grupo trabalhou algumas noções musicais, ao mesmo tempo que as traduzia para Língua Gestual Portuguesa. O resultado foi surpreendentemente positivo, na medida em que os participantes (ouvintes) saíram maravilhados e extremamente motivados para poder vivenciar momentos maioritariamente vividos pelos seus colegas surdos; do mesmo modo, os participantes surdos puderam experimentar a música, de uma forma mais próxima, intensa e com significado.


A participação do SPM nas comemorações desta Semana da Inclusão também se fez sentir na presença de Janette Ramos (Coordenadora do setor da Educação Especial do SPM) e no Simpósio “Falar de Inclusão”, que se realizou na Assembleia da República, no dia 13 de dezembro de 2016, a propósito da comemoração do 10º aniversário da Convenção sobre os direitos das pessoas com deficiência. Este simpósio contou com a presença de diferentes representantes de vários grupos parlamentares (Diana Ferreira, PCP; Joana Mortágua, BE; Nilza de Sena, PSD; Sandra Pontedeira, PS e Filipe Anacoreta Correia, CDS-PP) e o debate foi moderado pela atleta paralímpica Simone Machado Fragoso.


Independentemente das cores partidárias, as opiniões transmitidas pelos participantes relacionaram-se, inevitavelmente, com a ideia de que é impreterível que a legislação existente seja aplicada, de modo a que as barreiras físicas que impedem uma efetiva inclusão das pessoas com deficiência possam ser ultrapassadas, da mesma forma que é imperativo que deixem de existir barreiras de cidadania. Integração não é Inclusão e cabe a todos nós a tarefa de saber ouvir e atuar em conformidade. Este Simpósio permitiu, aos grupos parlamentares, um registo de diversas sugestões dadas pelos participantes, tendo em vista uma real efetivação dos direitos consagrados às pessoas com necessidades especiais.


De um modo geral, espera-se que ao “Falar de Inclusão” saibamos o papel que cada um de nós tem na sociedade e a sua importância para a mudança de comportamentos e atitudes.

Partilha:
TAGS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *