Em defesa da escola democrática, inclusiva e gratuita! Ponto

Francisco Salgueiro Oliveira Coordenador do Sindicato dos Professores da Madeira Num momento em que, no continente, se debate em que circunstâncias o Estado deve financiar as escolas privadas, a Madeira não pode ficar à margem desta importante discussão. Não basta que o presidente do Governo Regional diga que, por cá, tudo vai continuar igual, procurando …

Partilha:

Rumo ao 40º, rumo ao futuro

Francisco Salgueiro Oliveira Coordenador do Sindicato dos Professores da Madeira O SPM abraça as lutas presentes e lança as bases do futuro com todo o otimismo No passado dia 12, o SPM completou 38 anos de existência, tendo a direção promovido uma celebração em ambiente de descontração e partilha, com o objetivo de 1. Fortalecer …

Partilha:

Nada surge do nada

Francisco Salgueiro Oliveira Coordenador do Sindicato dos Professores da Madeira Vale a pena lutar, sobretudo quando não temos dúvidas da justiça das nossas reivindicações Vem isto a propósito das reflexões que me provocou a série de notícias recentemente divulgadas, quer em órgãos da comunicação social regional, quer nacional. De entre muitas mais, destaco os valores …

Partilha:

Avaliação, aferição, certificação; seleção, inclusão, valorização

Francisco Salgueiro Oliveira Coordenador do Sindicato dos Professores da Madeira Na semana passada, o jovem Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, anunciou ao país as ideias da sua equipa sobre a avaliação dos alunos dos ensinos básico e secundário, e logo se incendiaram os ânimos de muitos Portugueses. Tivesse ele anunciado medidas contrárias às que …

Partilha:

O espírito natalício, ainda, não chegou aqui!

Francisco Salgueiro Oliveira Coordenador do Sindicato dos Professores da Madeira este não será o Natal desejado na Educação, nem haverá razões para comemorar O Natal está à porta e o Pai Natal apura a forma física antes de iniciar a volta ao mundo em missão benemérita. Todos o aguardam de coração aberto e com ansiedade. …

Partilha:

Parindo o futuro

Francisco Salgueiro Oliveira Coordenador do Sindicato dos Professores da Madeira A desvalorização da arte da docência é uma contradição total com os mais nobres valores humanos No passado dia 7, Lídia Jorge, no discurso de agradecimento pela atribuição do prémio literário Urbano Tavares Rodrigues, promovido pela Fenprof e por uma seguradora com quem esta tem …

Partilha: