1. + de 60, sem componente letiva? E atualmente, professores com 50 anos apenas 2 horas de redução, ou seja 20 horas letivas. Devia ser proporcional. Aos 50 já devíamos ter 6horas de redução, como era antes!

  2. As reuniões intercalares e outras após um dia de trabalho, não deviam rxistir. Pois estão fora do horário de trabalhoď. Devia haver interrupção letiva.

  3. Existe discriminação na classe docente, entre professores mais novos e os mais velhos, no que diz respeito a horas de redução por idade. Sem falar no desfasamento de salário! Não faz qualquer sentido, um professor com 60 anos, já com 8 horas de redução no seu horário, passar a não ter componente letiva. Quando um professor com 50 anos, apenas com 2 horas de redução, continuar a ter 20 horas de trabalho letivo no seu horário. Não é justo. Não é correto. Só trás ainda mais desunião entre professores! A luta não deveria ser ser sobre mais horas de redução apartir dos 40 anos de idade, libertando horas para formar novos horários para novos professores? Penso ser o caminho mais acertado nas negociações com o governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *