home Notícias Marcha Unir Vozes pela Escola Pública

Marcha Unir Vozes pela Escola Pública

Cumprir a Constituição, dar reposta a todos os alunos e respeitar o dinheiro público impõe investimento na Escola Pública de qualidade.

É num quadro de afirmação de uma Escola Pública de qualidade e democrática que no próximo dia 18 de Junho, um sábado, em Lisboa, a Escola Pública sai à rua. Cidadãos promotores de uma Petição pela Escola Pública, que já reúne mais de 70.000 assinaturas, organizações e entidades diversas da sociedade portuguesa promovem a iniciativa Marcha Unir Vozes em Defesa da Escola Pública. A concentração de quantos pretendem assumir publicamente a defesa da Escola Pública terá lugar no Parque Eduardo VII, a partir das 14.30 horas do já referido dia 18 de junho.

 

banner_fenprof_marcha(1)__

Cartaz: Marcha Unir Vozes em Defesa da Escola Pública

Flyer a: A Escola Pública e os seus profissionais merecem respeito

Flyer b: Duplicar a despesa com privados, onde existe Escola Pública, é desperdiçar o investimento necessário para a Escola de TODOS

Flyer c: O direito de escolher impõe o dever de pagar

Flyer d: Nós, em defesa da Escola Pública, um direito de todos, não ficaremos em casa

Marcha na página electrónica a Fenprof

imagem notícia site

É preciso defender e revigorar a Escola Pública

Defender e revigorar a Escola Pública de qualidade, democrática e inclusiva é crucial para salvaguardar a igualdade de oportunidades, permitir o desenvolvimento integral de todos os indivíduos e contribuir também para a elevação das qualificações e o desenvolvimento do país. Uma política de educação para o futuro do país tem de passar pela gratuitidade de todos os graus de ensino e de garantir o direito de acesso, independente dos níveis de rendimento das famílias.

As pressões inaceitáveis contra a Escola Pública, sob o pretexto da liberdade de escolha, para manter negócios privados na área do ensino à custa do Orçamento de Estado e dos impostos que todos pagamos, designadamente os trabalhadores, levou a CGTP-IN a solidarizar-se com a Manifestação em Defesa da Escola Pública, no dia 18 de Junho, às 14h30, no Parque Eduardo VII, em Lisboa, mas também a participar com uma grande mobilização nessa acção para defender a Escola Pública, os Serviços Públicos e as Funções Sociais do Estado, nomeadamente o Serviço Nacional de Saúde, a Escola Pública, a Segurança Social e a Cultura.

 

basta cgtp 1

 

A Constituição da República Portuguesa assegura o direito universal ao ensino com garantia do direito à igualdade de oportunidades de acesso e êxito escolar. Compete ao Estado, designadamente, a criação de uma rede de estabelecimentos públicos de ensino que cubra as necessidades de toda a população.

Com a medida que visa a fiscalização criteriosa e consequente da aplicação dos dinheiros do Estado, agitam-se os empresários do ensino privado e a direita que usam todos os meios para, em nome dos interesses de um pequeno número de colégios que celebraram contratos de associação, fazer da educação um negócio e pôr em causa valores essenciais da política educativa.

Este processo evidencia a demagogia dos que defendem o funcionamento do mercado na política educativa e depois mostram que não podem passar sem os dinheiros públicos; dos que defendem a austeridade e o encerramento dos serviços públicos, mas exigem que o Estado continue a financiar interesses privados.

No dia 18 de Junho vamos defender a Escola Pública e exigir:

1. Que não haja duplicação do financiamento e que, no respeito pela Constituição, se garanta o financiamento adequado à Escola Pública;

2. Que o apoio financeiro a colégios privados, através de contratos de associação, tenha lugar apenas quando a resposta pública é insuficiente, sendo, nesse caso, apoiados os alunos das áreas geográficas previstas nos contratos celebrados;

3. Que aos docentes dos estabelecimentos particulares e cooperativos, cujos horários de trabalho são ainda mais sobrecarregados, sejam aplicadas as mesmas normas que se aplicam no ensino público.

basta cgtp 4

Partilha:
TAGS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

centro de formacao
regalias