home PROF#ficaemcasa 𝗡𝗼 𝗗𝗶𝗮 𝗠𝘂𝗻𝗱𝗶𝗮𝗹 𝗱𝗮 𝗔𝗿𝘁𝗲 (𝟭𝟱 𝗮𝗯𝗿𝗶𝗹 𝟮𝟬𝟮𝟬)

𝗡𝗼 𝗗𝗶𝗮 𝗠𝘂𝗻𝗱𝗶𝗮𝗹 𝗱𝗮 𝗔𝗿𝘁𝗲 (𝟭𝟱 𝗮𝗯𝗿𝗶𝗹 𝟮𝟬𝟮𝟬)

No Dia Mundial da Arte partilho convosco uma pintura, com texto explicativo, que fiz no período de quarentena.
Neste período, tão difícil, senti necessidade de comunicar, de criar. A arte e, a minha casa, foram o meu refúgio, a minha terapia, a minha salvação.

Na pintura existe um elemento natural, à esquerda, pintado de vermelho. Foi uma raiz que o mar ofereceu-me, uns anos atrás, num dia de tempestade. Guardei-a até hoje pois sempre associei a sua forma à de um coração. Esta é a homenagem que faço à natureza e ao ser humano que, mais do que nunca, anda com o “coração nas mãos”, amedrontado, assustado mas, também, revelando preciosos exemplos de solidariedade e humanidade.

A maior parte das pessoas não têm braços pois mostra a nossa fragilidade e “impotência” perante um vírus imprevisível e muito devasta DOR. Também revela o facto de não podermos abraçar nem tocar uns nos outros, como se fossemos despidos de AFETOS … Uma delas tem asas de anjo pois, mais do que nunca, somos seres inocentes, desprotegidos, apanhados desprevenidos neste contágio humanitário e comum.

Ao centro, em grandes dimensões, está o nosso real inimigo. Apesar de ser microscópico foi representado em grandes dimensões devido à propagação e devastação que está a ter no nosso planeta, principalmente, no ser humano.

À esquerda, uma figura em primeiro plano, com uma máscara, é uma humilde homenagem aos nossos enfermeiros e médicos que estão na linha da frente, a tentar salvar vidas …

À direita, no canto superior, está uma figura que chora. A única que tem braços e mãos para poder amparar as lágrimas.

Que o vírus do AMOR seja o primordial contágio a prevalecer no planeta! Este nos salvará …

Partilha:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

centro de formacao
regalias