home Notícias Executiva

Executiva

Camaradas.

Todos nós sabemos que, infelizmente, a mesquinhez faz parte da natureza humana e que, na procura constante de um alimento que a sustente, se mantém atenta a pequenas distrações dos outros, principalmente quando se trata de atacar alguém a quem dificilmente será possível apanhar a cometer um verdadeiro erro.

É neste momento que os seus hospedeiros esfregam as as mãos com satisfação, e não se importando com a desonestidade moral e intelectual da sua atitude, mostra-a arrogantemente ao mundo, numa clara mistura de medo e revanchismo.

Temos tido oportunidade de assistir, nas últimas horas, a uma destas situações, visando foi o Coordenador do SPM.

Não deve existir ninguém no arquipélago da Madeira e arredores que não reconheça o grande conhecimento que este professor tem da Língua Portuguesa, tendo dado disso inegáveis provas como professor, formador e cronista de excelência. Ninguém lhe negará estas capacidades, nem mesmo aqueles que atrás de um computador tentam, sem sucesso, apanhá-lo em falso, sabendo que a frase em que inadvertidamente segurou durante breves minutos, nunca passaria pelo crivo da perspicácia linguística do experiente professor que temos a sorte de ter como Coordenador do SPM.

Que desistam todos aqueles que, na sua pequenez, têm a ilusão de beliscar a vontade do Coordenador do SPM de continuar a liderar uma equipa na luta pela defesa da dignidade da classe docente, em solidariedade com todos os trabalhadores. A luta continua

Partilha:
TAGS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

centro de formacao
regalias